CONTEÚDO
Notícias da Igreja
 
17.Mar - São José, o pai da Igreja
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
São José, o pai da Igreja

Não é sem razão que a Igreja, no meio da Quaresma, tira o roxo no dia 19 de março e coloca o branco na liturgia, para celebrar a festa de São José, esposo da Virgem Maria. Entre todos os homens do seu tempo, Deus escolheu o glorioso São José para ser pai adotivo de seu Filho divino e humanado. E Jesus lhe era submisso, como mostra São Lucas.




Deus quis que ele fosse o pai daquele que seria a salvação do mundo! É muito importante entender que São José é pai de Jesus, assim como Maria é mãe. São Mateus, em seu Evangelho, mostra como o Altíssimo escolheu José, a dedo, para ser o pai de Cristo.  Esse grande santo ouviu o anjo e recebeu a Santíssima Virgem Maria como sua esposa.




Em 1870, no Concílio Vaticano I, o Papa Pio IX proclamou São José o pai da Igreja Católica. Qual a argumentação que os teólogos fizeram para isso? Cristo é a cabeça da Igreja, logo, aqueles que geraram essa cabeça são os pais do corpo. Por que tantos Papas escreveram encíclicas sobre esse grande santo? Porque ele é pai da Igreja e de cada um de nós.




No dia primeiro de maio temos mais uma comemoração de São José, que também é o patrono dos trabalhadores. São Pedro e São Paulo têm duas festas também, mas isso é raro. Só os santos “gigantes” têm mais de uma comemoração no ano.




São José viveu o que ensinou João Batista: “É preciso que Ele [Jesus] cresça e eu diminua” (Jo 3,30).


Fonte: Canção Nova

Indique a um amigo
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2017 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.