CONTEÚDO
Pastorais e Movimentos
 
01.Set - Ano do Laicato 2017- 2018
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Ano do Laicato 2017- 2018

Ano do Laicato 2017- 2018


O trabalho dos leigos e leigas é fundamental para a Igreja. São homens e mulheres de diversas idades que trabalham em benefício de um bem maior. Através do amor dessas pessoas é possível aliviar um pouco as dificuldades do próximo e levar a Palavra de Deus em todos os cantos sempre em comunhão com a Igreja. Entre os dias 26 de novembro de 2017, Solenidade de Cristo Rei, a 25 de novembro de 2018, a Igreja do Brasil vai celebrar o “Ano do Laicato”. Nas próximas páginas desta edição da Revista Diocese Informa trazem uma matéria com as principais ações e orientações nacionais e diocesanas previstas para celebrar o Ano do Laicato na Diocese de Joinville.  


 


*Fonte Setor Pastoral da Diocese de Joinville


 


 


Tema do Ano do Laicato: Cristãos leigos e leigas, sujeitos na “Igreja em saída”, a serviço do Reino.


Lema: Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5,13 - 14).


*Imagem Ícone Nacional do Ano do Laicato


O objetivo principal do Ano do Laicato como Igreja, Povo de Deus, é celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade. Dentro disso é colocado como objetivos específicos, comemorar os 30 anos do Sínodo Ordinário sobre os leigos (1987) e os 30 anos da publicação da Exortação Apostólica Christifideles Laici, de São João Paulo II, sobre a vocação e missão dos leigos na Igreja e no mundo (1988); dinamizar o estudo e a prática do documento 105: “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade” e demais documentos do Magistério, em especial do Papa Francisco, sobre o Laicato e estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas, “verdadeiros sujeitos eclesiais”(Dap, n. 497a), como “sal, luz e fermento” na Igreja e na Sociedade.


 


Nos dias 15 e 16 de setembro a Diocese de Joinville recebeu a 42ª Assembleia Diocesana de Pastoral.  O objetivo da assembleia foi pensar e definir prioridades comunitariamente o Ano do Laicato. O tema central foi “Iniciação à Vida Cristã” e a assessoria ficou por conta de Dom José Antônio Peruzzo, Arcebispo da Arquidiocese de Curitiba/PR que explanou sobre o tema "Iniciação à vida cristã: itinerário para formar discípulos missionários, baseado no Documento 107 da CNBB.  


Em sua fala, Dom Peruzzo disse que é “preciso sair de dentro da igreja” e que devemos fazer como Jesus, “que seguia um processo de iniciação ao falar da palavra de Deus”. Marcado pela espontaneidade, Dom Peruzzo lembrou que animar é algo muito mais profundo. “Animar não é apenas um processo psicológico, é algo que vem da alma”, disse. Ainda com base no Documento 107, o bispo destacou que é preciso uma aproximação maior para com aqueles que estão longe da Igreja. “É necessário passar nos lugares onde não há Deus e mostrar quem Ele é”, ressaltou.


*Foto Dom Peruzo


 


Ações em nível diocesano


Participação da Diocese no 14º Intereclesial das CEBs em Londrina/PR (23 a 27 de janeiro de 2018);


Abertura da Campanha da Fraternidade de 2018, destacando o papel dos cristãos leigos e leigas na superação da violência;


No segundo semestre de 2018 inserirmos nos encontros dos GBR reflexões e testemunhos sobre o Laicato;


Celebrar o Dia Mundial dos Pobres (18 de novembro de 2018);


Participar do Interdiocesano das CEBs e GBR;


Recuperar e divulgar o testemunho dos mártires que deram a vida em defesa da dignidade da pessoa humana;


Grito dos Excluídos;


Concentração dos Ministros Leigos;


Realizar encontros para a formação do Conselho Diocesano do Laicato;


Criar o Conselho Diocesano do Laicato;


Fortalecer e ampliar o diálogo e o trabalho junto às diferentes formas de expressão do laicato na sociedade;


Formação continuada sobre o Documento 105 da CNBB “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade”;


Celebrar a vocação laical e o dia do Leigo;


Motivar a participação nos diversos conselhos comunitários – paritários (saúde, segurança, juventude, educação, idosos, criança e adolescente...);


Instruir os leigos que exercem os ministérios (ministros), para que possam realiza-los de maneira a estarem a serviço da igreja;


Promover momentos nas reuniões para refletir sobre o serviço do leigo;


Implantação de um projeto diocesano de formação para o CPP e CPC;


Incentivar a participação dos leigos na Faculdade de Teologia da Católica e outras Escolas Diocesanas


 


Votações referentes ao Ano do Laicato feitas na 42ª Assembleia Diocesana de Pastoral


Solenidade de Cristo Rei – Abertura e encerramento do Ano do Laicato.


(393 votos) Nas Comarcas (Celebração Comarcal às 15h) (em Joinville reunir as Comarcas norte e sul na Catedral);


(4 votos) Uma única missa diocesana na Catedral às 15h.


 


Voltar a realizar a Romaria do Trabalhador no Santuário Senhor Bom Jesus – Araquari


(367 votos) Sim


(20 votos) Não


 


Doutrina Social da Igreja


(47 votos) Criar a Escola Diocesana de Doutrina Social da Igreja;


(340 votos) Inserir mais um semestre na ECOTECAL com a Doutrina Social da Igreja.


 


Ícone diocesano do Ano do Laicato


*Imagem ícone Ano do Laicato Diocese de Joinville


O cartaz do Ano do Laicato enfatiza a convocação imperativa do Senhor a todo cristão: “Vos sois o sal da terra e luz do mundo” (Cf. Mt. 5.13-16). Ser sal e ser luz é comunicar a Boa Nova aos sentidos, é testemunhar Jesus caminho, verdade e vida. As cores dominantes são quentes e terrosas simbolizando, respectivamente, a luz divina e o campo da história humana, a terra. O centro da figura está dominado pelo Círio pascal aceso que alude ao Cristo Luz e ao Sacerdócio comum do fiel leigo que, a partir dos sacramentos da iniciação, é chamado a ser luz, ser “Igreja em saída”, fazer a diferença na história, como nos pede o santo Padre. O ano de 2018, estampado no círio, convida os cristãos leigos a serem sujeitos da evangelização e não meros receptáculos. O cristão, como aparece no próprio nome, trás em seu centro a cruz redentora do Cristo. Na parte baixa do cartaz o círio está “plantado” sobre a Palavra de Deus, base da missão, está também mergulhado nas águas batismais, porta da Salvação. O cristão leigo, enfim, trás na sua própria natureza a vocação de uma Igreja em saída, sal e luz do mundo, missionária.


Pe. Otávio Antunes


Início do Ano do Laicato no Dia de Cristo Rei


 


O Dia Nacional dos Cristãos Leigos é comemorado na Festa de Cristo Rei, 26 de novembro, desde 1991 e por isso o Ano do Laicato não poderia começar em data diferente. A solenidade do último domingo do ano litúrgico da Igreja foi criada em 1925, pelo Papa Pio XI e é a ocasião  para reconhecer, mais uma vez, que na cruz de Jesus o poder-dominação, o poder opressor, criador de desigualdades e exclusões, espalhador de sofrimento por todos os lados, está definitivamente derrotado. Isso se deu pelo seu modo de viver para Deus e para os outros. O fracasso na cruz é a vitória de Jesus sobre o mal, o pecado e a morte, por meio de Sua Ressurreição.


Fotógrafo: Jean Patrick - Diocese de Joinville

Indique a um amigo
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2017 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.