DIOCESE
Prioridade Diocesana
 
Prioridade Diocesana

A Igreja vive de Jesus Cristo. As novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE 2015-2019) da Igreja no Brasil impulsionam a missão Eclesial nos tempos atuais partindo de Jesus Cristo, “fonte de tudo o que a Igreja é e de tudo o que ela crê” (DGAE 2015-2019, n. 4, apud DV, n. 8). Ele é o Alfa e Ômega, o Início e o Fim, é n’Ele que existimos e agimos como Igreja. O desejo do Pai celeste é que ouçamos e sigamos o seu filho amado.

A Diocese de Joinville, inserida no contexto de Brasil, América Latina e Mundo vive hoje uma realidade marcada por grandes mudanças que trazem consequência em todos os campos de atividade da vida social, influenciando a cultura, a economia, a política, as ciências, a educação e religião (cf. DAp, 35). A Igreja, motivada pelo Papa Francisco, pede de nós um compromisso cristão responsável diante das mudanças sociais próprias do nosso tempo.

A Igreja, presente em nossa Diocese, assume como reflexão e ação as urgências apresentadas pela CNBB nas Diretrizes Gerais da Ação Evan¬gelizadora da Igreja no Brasil 2011-2015, que permanecem nas atuais diretrizes 2015-2019, por isso se faz necessário que todos os níveis e instâncias eclesiais (famílias, grupos, comunidades, pas¬torais, movimentos, paróquias) se tornem:

1. Igreja em estado permanente de missão

É preciso anunciar, mostrar, apresentar Jesus Cristo para o mundo.
Que neste ano possamos nos recordar de apresentá-lo especialmente aos jovens. Tenhamos um olhar especial para com nossa JUVENTUDE. Demos-lhe espaço, incentivo, testemunho de uma fé madura e profunda. Além disso, é importante recordar do âmbito missionário da Igreja, não esmoreçamos, neste ano formaremos o Conselho Missionário Diocesano(COMIDI) e cada paróquia é convocada a formar o seu CONSELHO MISSIOnÁRIO PAROQUIAL (COMIPA), para que a missão não se arrefeça e
o Cristo não deixe de aquecer os corações.

2. Igreja: casa da iniciação à vida cristã

Que Maria possa nos ensinar a fazer de nossas casas e comunidadeso lugar do Encontro, e que assim possamos ter um olhar apurado sobre a CATEQUESE. É aí que está o fundamento de toda a vida cristã e de toda alegria do Evangelho. Façamos este percurso junto com nossas crianças,adolescentes, jovens e adultos, ajudemos-lhes a encontrar o verdadeiro caminho do discipulado. Procuremos viver intensamente o processo da Iniciação Cristã, a começar pelo novo método do Batismo, eucaristia e crisma, dando passos seguros e sólidos em nossa caminhada pastoral.


3. Igreja, lugar de animação bíblica da vida e da pastoral Maria, mulher de palavra e da Palavra, ensina-nos a nos colocar à disposição do Verbo Encarnado. Que neste ano possamos nos dedicar mais aos GRUPOS BÍBLICOS DE REFLEXÃO, fazendo deles o local do
encontro com Cristo vivo em nossas ruas e casas. Vamos refundar esta experiência de fé e amor a qual os GBRs nos chamam a experimentar. Vamos nos dedicar um pouquinho mais para que em cada rua haja um Grupo Bíblico ativo e efetivo. É neles que encontramos o Ressuscitado que caminha hoje conosco.

4. Igreja, comunidade de comunidades

A experiência comunitária é algo fundamental na vida cristã. A salvação acontece em uma comunidade concreta e exigente: “light, só
o açúcar.” Não é possível sermos cristãos descompromissados, “leves”. Nossa experiência com Cristo nos conduz inevitavelmente à radicalidade da cruz e da doação de nossas vidas. Dentre tantas coisas importantes que se poderia destacar aqui, cito a LITURGIA, momento pelo qual nos tornamos mais Povo de Deus, mais irmãos, e ajuda-nos a abrir os olhos e enxergar o outro que nos está ao lado. Que possamos, neste ano, aprender com Maria e buscar uma liturgia mais mística e orante. Que nossas Assembleias Litúrgicas possam nos conduzir ao Mistério do Cristo Encarnado e dele a contemplar o Ressuscitado. Por isso, muita atenção com os modismos que estão por aí, cuidado para não criarmos um cristianismo “pop star” em nossas comunidades, um cristianismo midiático e “água com açúcar”. Não obstante, sempre é bom lembrar da SETORIZAÇÃO das comunidades, para que formemos pequenos núcleos de testemunho humano.

5. Igreja a serviço da vida plena para todos Maria, ensina-nos ainda a ouvir os apelos do Senhor e nos colocar disponíveis no serviço do próximo. Lancemos neste ano um olhar atento especialmente às nossas FAMÍLIAS, núcleo, raiz, e célula da sociedade. A
família está sendo vilipendiada, considerada vil e indigna, basta assistir a

 
 
 
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright ©
    Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/diocesej/public_html/index.php on line 205
    2018 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.