NOTÍCIAS
Artigos e Formações
16.Abr - O Centenário de Dom Gregório Warmeling
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
O Centenário de Dom Gregório Warmeling

Por Rodrigo Coelho
Vereador de Joinville


 


Nascido em 17/04/1918, em São Ludgero (SC), Dom Gregório Warmeling identificou sua vocação em 1929, após sua primeira comunhão: “Jesus me disse para ser padre”. Ingressou naquele mesmo ano no Seminário de Azambuja (Brusque), conquistando sua ordenação sacerdotal em 05/09/1943. Reluziu ao longo de sua santa vida, virtudes que enalteciam o seu compromisso e missão como eterno devoto e multiplicador da palavra de Deus. Era digno de profundos elogios e sempre lembrado por sua competência, bondade, carisma, grandeza interior e carinho que recebia de todos, independentemente de credo religioso.


Atuou como Bispo Diocesano de Joinville (1957 a 1994) e incansavelmente lutou pela centralidade de Jesus Cristo. Visionário que era, identificou o crescimento populacional de Joinville e Blumenau e assim idealizou 32 paróquias. Em seus feitos, buscava mãos amigas, como as de dois padres italianos que o ajudaram a fundar o Seminário Diocesano Divino Espírito Santo de Joinville, em 1979. Era um entusiasta daqueles que se dedicavam a iniciativas sociais. Exercia a caridade, era sensível, e por não suportar certas críticas, as lágrimas eram inevitáveis. Reconhecia e valorizava as boas intenções. Tinha uma personalidade forte e alma de uma criança. Era extremamente organizado, determinado, dinâmico. Acreditava na solidariedade das pessoas para as obras beneficentes: “Joinville não falha”, falava ele.


Um tanto tímido, porém articulado, Dom Gregório não hesitava em defender o que acreditava ser o correto. Certa vez, durante a Ditadura Militar, contrariou o Presidente da República, na época o general Geisel, que em visita a Joinville almejava fazer a leitura bíblica da Santa Missa. Entretanto, concedeu a oportunidade somente ao prefeito Pedro Ivo Campos. Enfático, Dom Gregório ainda disse: “No País, manda o Presidente. Aqui na Igreja, mando eu! O Prefeito vai ler o texto!”. E assim aconteceu.


Dom Gregório Warmeling deixou seu povo e seus fiéis em 03/01/1997. Já são duas décadas de saudade e recordações da trajetória esplêndida e devota de um homem cujos princípios jamais serão esquecidos. Sua fortaleza era sua fé e sempre será um imenso exemplo para todos nós.


Fonte: Rodrigo Coelho

Indique a um amigo
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2018 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.