PARÓQUIAS
Paróquia Cristo Rei | Rio Negrinho
 
A Paróquia
Paróquia Cristo Rei | Rio Negrinho

Localizada no bairro São Rafael na cidade de Rio Negrinho/SC, a Paróquia Cristo Rei iniciou suas atividades, como paróquia, no dia 23 de novembro de 2014, porém sua história de vida já havia iniciado em 1972. Com um estilo diferente, a igreja Cristo Rei possui arquitetura arredondada, permitindo que todos os fiéis tenham uma boa visão do altar durante as missas. Atualmente possui como pároco padre Antônio Humberto Zanini, além de oito comunidades e um mosteiro.
Sua história começou quando Dom Gregório Warmeling, trouxe para a Paróquia Santo Antônio de Pádua, um curso de criatividade comunitária, que tinha por objetivo formar lideranças. Foram formados grupos, que realizaram um levantamento das necessidades do bairro São Rafael. Uma escola e uma nova igreja eram as prioridades.
Em janeiro de 1973 os moradores começaram a procurar ajuda financeira para adquirir um terreno, para a construção da igreja. Empresas fizeram doações, e em março de 1973 o primeiro lote de terreno foi comprado pela comunidade.
Em julho de 1975 membros da coordenação escolheram o nome do padroeiro da comunidade. O nome Cristo Rei foi inspirado no Cristo Redentor do Rio de Janeiro, pois a igreja Cristo Rei está situada em um morro, com boa visão panorâmica. A primeira festa do padroeiro foi realizada em novembro de 1975.
Em 1976 se iniciou, em um galpão improvisado, os trabalhos espirituais da comunidade, com reuniões das famílias aos domingos para rezar e celebrar a missas uma vez ao mês. No dia 17 de abril de 1977, com presença de muitos fiéis e autoridades locais, padre José Norberto Konrad, celebrou a missa do lançamento da pedra fundamental da Comunidade Cristo Rei.
No ano passado, quando Comunidade Cristo Rei recebeu a notícia que passaria a compor o quadro de paróquia da diocese, os fiéis ficaram surpresos. Segundo a coordenadora do CPP, Marlene Aparecida Grober Christofolini, eles não esperavam que a igreja fosse ser a nova paróquia de Rio Negrinho. “Quando recebemos a notícia, de que seríamos paróquia, nós acolhemos com alegria, pois teríamos mais evangelização, mais envolvimento das comunidades e também das pessoas”, diz.
De acordo com o coordenador do dízimo, Adilson Krainz eles ficaram sabendo que a comunidade se tornaria paróquia em uma reunião da pastoral do dízimo em Joinville/SC. “Ai a gente não sossegou até que viesse o anuncio formal de que realmente seríamos paróquia”, conta.

Vida Pastoral
Atualmente, a Paróquia Cristo Rei, possui mais de 15 pastorais e movimentos entre elas estão: Pastoral do Canto, Consolação e Esperança, Dízimo, Infância Missionária, Juventude, Litúrgica, Catequese, GBR, Familiar, Pascom, Ministros, Apostolado da Oração, Terço dos Homens, Coroinhas, CPC, Ação Social.
A Pastoral do Canto ganha destaque. Segundo padre Humberto em todas as missas há um grupo de canto diferente. Os dias de missas tiveram que ser ampliados para que todos os grupos pudessem cantar. Além disso, as celebrações dos Grupos Bíblicos de Reflexão (GBR) também são bastante significativas. “O futuro da Igreja vai passar pelos Grupos Bíblicos de Reflexão. É ali que você descobre quem canta, reza, coordena. Nós investimos muito nos grupos. Considero que esse seja o caminho da Igreja”, destaca padre Humberto.
As celebrações, tanto na paróquia como nas comunidades dobraram, antes eram celebradas em média por mês 15 missas, hoje passam de 30. O número de fiéis também aumentou o coordenador do dízimo, Adilson, diz que a “casa sempre está cheia”. Aos domingos a missa das 8h também é transmitida pela Rádio Energia FM.
Uma vez ao mês é feita uma formação, com um tema a ser discutido pela comunidade. Além disso, sempre na primeira segunda-feira do mês é realizado o repasse dos quatro encontros do mês, dos encontros do GBR, com os animadores. Também nas segundas-feiras é ocorre o Terço dos Homens. Neste ano a paróquia junto com as comunidades celebrou pela primeira vez a Festa de Corpus Christi, juntamente com a Festa das Tendas.

Festa do padroeiro
A festa do padroeiro sempre ocorre em novembro. No inicio do mês, é realizada a Festa Comemorativa, onde são servidos os pratos típicos da região de Rio Negrinho como Aluske e Pirogue. Já no fim do mês, próximo à solenidade de Cristo Rei, é feita a Festa Litúrgica onde é dedicado mais as missas, orações e o tríduo.

 
O Padroeiro
O Padroeiro

 

Horários

MISSA
 
ATENDIMENTO
 

Contato

(47) 3644-1703
 
 
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2018 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.