PARÓQUIAS
Paróquia Nossa Senhora da Medalha Milagrosa | Itaiópolis
 
A Paróquia
Paróquia Nossa Senhora da Medalha Milagrosa | Itaiópolis

Localizada em Itaiópolis, a comunidade teve início como paróquia no dia 27 de novembro de 1953, conforme o decreto assinado por Pio Freitas, então bispo de Joinville. A paróquia fundada foi desmembrada da atual paróquia de Alto Paraguaçu, a qual pertencia como capela desde 1918. O nome dado à nova paróquia foi: Paróquia Nossa Senhora Imaculada da Medalha Milagrosa.

A história da paróquia remonta o início da colonização da localidade, cujo nome era “Colônia Lucena”, pequeno povoado situado a cerca de 40 quilômetros ao sul da mais próxima estação de estrada de ferro: Mafra. A população que constituía esta colônia eram imigrantes vindos da Polônia, da Ucrânia, da Alemanha e os caboclos nativos. A antiga Lucena mais tarde recebeu o nome de Itaiópolis, que se tornou município em 1918.

Inicialmente a assistência pastoral era proporcionada esporadicamente à comunidade pelos padres Przytarski e Peters, de Curitiba. Em janeiro de 1904 a Paróquia Santo Estanislau foi assumida pelos padres vicentinos. Eles continuavam atendendo em Itaiópolis, já que esta era uma das muitas capelas pertencentes a então paróquia. Em 1921 vieram da Polônia para a Paróquia Santo Estanislau as Irmãs da Caridade, que por 65 anos dirigiram uma escola de ensino fundamental. Visto que na região não havia nenhum hospital nem consultório médico, as irmãs religiosas prestavam assistência à população local. Elas se estabeleceram nas proximidades desta que era capela da Medalha Milagrosa, impulsionando o crescimento e a organização. É preciso acrescentar ainda que, da extensa paróquia de Alto Paraguaçu surgiram as novas paróquias de Itaiópolis e Rio da Prata.

A Paróquia de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa foi constituída em 1953. O primeiro pároco a ser nomeado foi o Pe. Afonso Paszkiewicz CM. A paróquia foi enriquecida com novas comunidades e com movimentos que pastoralmente somaram muito para a solidificação da comunidade paroquial. Cabe destacar o dedicado trabalho dos padres Vicentinos e das Irmãs Servas da Caridade. Com a saída das Irmãs Servas da Caridade, chegaram a Itaiópolis em 1977, para trabalharem no Hospital as Irmãs do Rito Ucraniano da Congregação Servas de Maria Imaculada. E mais adiante, em 1986, chegaram as Irmãs Servas da Imaculada Conceição da Santíssima Virgem Maria: Canuta Ogrodniczak, Terezinha G. Detoni e Maria de Lurdes Fagundes.

Durante os primeiros 33 anos de paróquia, ela foi atendida pelos padres vicentinos e em 1986, os mesmos, com a concordância do bispo diocesano, transferiram a paróquia aos padres da Congregação Sociedade de Cristo. Assim, no dia 16 de fevereiro do mesmo ano, tomou posse como pároco o primeiro padre desta congregação, Pe. Pedro Poszwa SChr. Nos 15 anos seguintes esta Congregação, cujo carisma é trabalhar em especial com imigrantes e descendentes de poloneses, realizou o atendimento pastoral da comunidade. No início de 2002, com a chegada do Pe. Ivanor Macieski, que após tomar posse pediu a incardinação na Diocese de Joinville, dando início ao processo de tornar-se padre diocesano, a Congregação devolveu então, a paróquia para a diocese, e assim a comunidade passou a ter padres diocesanos e estar diretamente sob a coordenação da Diocese de Joinville.

 
O Padroeiro
O Padroeiro

 

Horários

MISSA
  • Matriz | Sábado | 19h
  • Matriz | Domingo | 8h30
  • Matriz | 1ª Terça-feira do mês | 19h
  • Matriz | 3ª Terça-feira do mês | 19h                      Missa com Benção do Pão de Sto. Antônio e Benção da Saúde
  • Matriz | Última Quinta-feira do mês | 19h30
 
ATENDIMENTO
  • Matriz | Segunda à Sexta-feira | 8h às 12h - 13h às 17h30
 

Contato

(47) 3652-2066
 
 
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2018 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.