PARÓQUIAS
Paróquia Nossa Senhora do Rosário | Guanabara
 
A Paróquia
Paróquia Nossa Senhora do Rosário | Guanabara

Histórico

Foi durante um grupo de oração, em 21 de abril de 1982, que se cogitou a possibilidade de fundar uma igreja no Bairro Guanabara. Naquele ano, após uma conversa entre Leopoldo Batista, Francisco Mira, João Vieira e Alcides da Maia, foi organizada uma reunião que contou com a participação de um grande número de moradores e também do Pe. Dionísio Tecilla, na época pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, decidindo pela criação da Comunidade Nossa Senhora do Rosário. Francisco Mira, membro da comissão, pediu aos colegas que participavam da implantação: “Meus irmãos, alguns irão partindo desta vida, mas peço aos que ficarem não abandonem a luta”.
A primeira diretoria provisória foi formada por Manoel Carvalho (presidente de honra), Leopoldo Batista (presidente), Alcides da Maia (vice-presidente), Rogério Buzarello (secretário), Nelson Giesel (2º secretário), João Vieira e Miguel da Silva (tesoureiros), Reinaldo Pereira (presidente do conselho), Ricardo Nunes (vice-presidente), Francisco Mira (coordenador de programas), Osni da Silva Mira (diretor de propagandas) e Celso Pereira (orador).
A primeira missa na Paróquia foi celebrada nas dependências da Escola Anna Maria Harger, foi o celebrante o Padre Dionísio Tecilla pároco da paróquia Sagrado Coração de Jesus. Na ocasião foi apresentado o nome da Padroeira da Comunidade: Nossa Senhora do Rosário, por decisão tomada em reunião entre uma comissão formada pelas seguintes pessoas: Sr Francisco Mira; Sr. Francisco Gransa; Sr. Reinaldo Pereira; Sr. Hilário Tambosi e Esposa; Sr. João Acácio Vieira; Sra. Maria Fausta de Souza e o pároco Padre Dionísio Tecilla, que se reuniram durante a semana anterior, para tomar essa decisão. Também foi apresentado a Comissão os locais dos terrenos disponíveis pela Prefeitura para doação a Comunidade.
Na ocasião foi formada uma Comissão para examinar os terrenos, que ficou composta pelos diretores: Sr. Leopoldo Batista; Sr. João Acácio Vieira, Sr.Francisco Mira e outros. A Comissão optou pelo terreno situado a direita da Rua Graciosa, entre as Ruas Jarivá e Madeira, contendo uma área de 4.607,24 metros quadrados.

 
O Padroeiro
O Padroeiro

Esta festa foi instituída pelo Papa Pio V em 1571, quando celebrou-se a vitória dos cristãos na batalha naval de Lepanto. Nesta batalha os cristãos católicos, em meio a recitação do Rosário, resistiram aos ataques dos turcos otomanos vencendo-os em combate.

A celebração de hoje convida-nos à meditação dos Mistérios de Cristo, os quais nos guiam à Encarnação, Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus.

A origem do Rosário é muito antiga, pois conta-se que os monges anacoretas usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Desta forma, nos conventos medievais, os irmãos leigos dispensados da recitação do Saltério (pela pouca familiaridade com o latim), completavam suas práticas de piedade com a recitação de Pai-Nossos e, para a contagem, o Doutor da Igreja São Beda, o Venerável (séc. VII-VIII), havia sugerido a adoção de vários grãos enfiados em um barbante.

Na história também encontramos Maria que apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão: “Quero que saiba que, a principal peça de combate, tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério”.

Essa devoção, propagada principalmente pelos filhos de São Domingos, recebe da Igreja a melhor aprovação e foi enriquecida por muitas indulgências. Essa grinalda de 200 rosas – por isso Rosário – é rezado praticamente em todas as línguas, e o saudoso Papa João Paulo II e tantos outros Papas que o precederam recomendaram esta singela e poderosa oração, com a qual, por intercessão da Virgem Maria, alcançamos muitas graças de Jesus, como nos ensina a própria Virgem Santíssima em todas as suas aparições.

Nossa Senhora do Rosário, rogai por nós!

 

Horários

MISSA
 
ATENDIMENTO
 

Contato

(47) 3436-5524
 
 
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2018 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.