PARÓQUIAS
Paróquia Santa Paulina | São Francisco do Sul
 
A Paróquia
Paróquia Santa Paulina | São Francisco do Sul

A população dos balneários de São Francisco do Sul/SC conta, desde o dia 9 de julho de 2013, com a Paróquia Santa Paulina. Localizada no bairro Sandra Regina, a paróquia começou sua vida ainda como comunidade em 25 de maio de 1994, quando foi fundada a Capela Madre Paulina, que pertencia à Paróquia Nossa Senhora da Graça. Seu nome foi escolhido por voto popular e desde então fiéis da região participam dos serviços oferecidos e puderam compartilhar os momentos espirituais.
Em 2009 o Padre Gilberto Edmam foi nomeado administrador de 12 comunidades que constituiriam a atual Paróquia Santa Paulina. No dia 13 de novembro de 2012 foi presidida a Missa de Acolhida do futuro e atual pároco, Pe. Marcos Roberto Ferreira. Com um aumento significativo de comunidades e para melhor atender os fiéis, podendo assim suprir as necessidades pastorais, houve a necessidade de elevar a Comunidade Nossa Senhora dos Navegantes à paróquia, levando junto com ela a Comunidade Santa Rita de Cássia. Assim, a Paróquia Santa Paulina passou a contar com 10 comunidades. Segundo o Pe. Marcos, o atendimento e visitas à comunidade são importantes para o desenvolvimento saudável e espiritual da população. “É um atendimento diário e de muito trabalho”, destaca o padre.
Vida Pastoral
A Paróquia Santa Paulina possui hoje mais de 20 pastorais e movimentos, entre elas estão: Pastoral Social, Batismo, Juventude, Familiar, Catequese, Dízimo, Acolhida, Escuta, Ministros, Coroinhas, Liturgia, Música, Apostolado da Oração, Grupo Bíblico de Reflexão, Terço dos Homens, Adoração, Clube de Mães, Renovação Carismática Católica. São mais de 250 pessoas que participam dos trabalhos e muitas se dividem em mais de uma ação pastoral.
Festa da Paróquia Santa Paulina
Madre Paulina, a Primeira Santa Brasileira, beatificada em 18 de outubro de 1991 pelo Papa João Paulo II, é a padroeira da paróquia que leva o seu nome. Desde 1995 é realizada a festa popular da padroeira e após a mudança de comunidade para paróquia, a festa chega a sua terceira edição. A Novena e Festa da Padroeira Santa Paulina acontecem nesse ano de 1º a 11 de julho e conta com novenas e missas, além de gastronomia típica. No último dia de festa haverá um Coquetel de Partilha onde toda a comida disponível e produzida pelas comunidades será gratuita.

 
O Padroeiro
O Padroeiro

A Primeira Santa Brasileira

Madre Paulina nasceu em Vígolo Vattaro (Itália) em 16 de Dezembro de 1.865. Era filha de Napoleone Visintainer e Anna Pianezzer. Em 1.875, Napoleone com sua mulher e cinco Filhos emigraram para o Brasil. Amabile Visintainer (nome verdadeiro de Madre Paulina) viveu com a família até 12 de Julho de 1.890 quando, com sua amiga Virgínia Nicolodi, deixaram a casa paterna, para cuidar de uma cancerosa, dando inicio à Congregação das Irmãnzinhas da Imaculada Conceição. Em Agosto de 1.895, o Bispo de Curitiba aprovou a comunidade de Amabile. Em Dezembro do mesmo ano, ela e suas duas companheiras fizeram os votos religiosos. Amabile passou a se chamar Irmã Paulina do Coração Agonizante de Jesus. A santidade e a vida apostólica de Madre Paulina e de suas irmãs atraíram muitas vocações, apesar da pobreza e das dificuldades em que viviam. Em 1.903, foi eleita Superiora Geral e deixou Nova Trento (SC) onde vivia, para começar a obra com os Filhos de ex-escravos e dos escravos velhos e abandonados no Ipiranga, São Paulo. Em 1.909, foi mandada para Bragança Paulista, onde trabalhou com os doentes da Santa Casa e com os velhinhos do Asilo São Vicente de Paulo. Em 1.918, foi chamada para a Casa Geral do Ipiranga, São Paulo.Foram anos marcados pela oração, pelo trabalho e pelo sofrimento. Em 1.938, Madre Paulina, que era Diabética, precisou amputar a mão, depois o braço direito, devido a uma gangrena e, aos poucos foi perdendo a vista até ficar cega. Madre Paulina morreu em 9 de Julho de 1.942, deixando em todos presente a impressão de uma alma Santa que entrava na eternidade, depois de viver sempre com espírito de humildade e simplicidade.

Em 18 de Outubro de 1.991, Madre Paulina foi beatificada pelo Papa João Paulo II.

 

Horários

MISSA
 
ATENDIMENTO
 

Contato

(47) 3442-5562
 
 
 
 
  • Rua Jaguaruna, 147 - Centro - Joinville/SC

  • 47 3451-3700

  • midiasocial@diocesejoinville.com.br

  • Acessar o Webmail

  • Copyright © 2018 Diocese de Joinville. Todos os direitos reservados.